Contabilidade digital completa para sua empresa
Sua empresa organizada e planejada!
Precisa abrir ou migrar sua empresa?
Sua empresa organizada e planejada!
Precisa abrir ou migrar sua empresa?

DECLARAÇÃO DE IR
Contar com a experiência
de um contador pode ser a
melhor alternativa para
evitar problemas.

Quero conhecer mais
Sua empresa organizada e planejada!
Precisa abrir ou migrar sua empresa?

Carteira de trabalho
digital, um aplicativo
para os seus funcionários.
Oriente-os a baixar
gratuitamente.

Google Play Apple Store
Sua empresa organizada e planejada!

O Impacto do COVID-19 no Varejo Brasileiro de 01/03/2020 a 23/05/2020

O Impacto do COVID-19 no Varejo Brasileiro

Para analisarmos o antes, o durante e nos prepararmos para o pós covid, devemos analisar algumas estatísticas. Assim, saberemos que a dificuldade é universal e não devemos nos sentir impotentes e pelo contrário, entender no que podemos nos policiar e nos preparar para a breve retomada.

Segue uma análise do desempenho do Varejo desde o início do surto do COVID-19.

Estatísticas comparativas desde 01 de março de 2020 até 23 de maio de 2020, no Varejo Total e Blocos de Setores Consolidados, Bens Não Duráveis, Bens Duráveis e Serviços.
 
Desde o início do surto de COVID-19, o varejo total no Brasil apresentou queda de -29,7% no período acumulado.
 
Na abertura por grupos de setores, o setor de Bens Não Duráveis apresenta a menor queda, tenuando o impacto no período.
 
O setor de Bens Duráveis apresentou queda de -42,8% no período acumulado.
 
O setor de Serviços, o mais impactado desde o início do surto, apresentou queda de -61,4% no período acumulado.
 
O setor de Drogarias e Farmácias apresentou queda de -3,1% no período acumulado.
 
O setor de Supermercados e Hipermercados apresentou crescimento de 16,3% no período  acumulado.
 
O setor de Postos de Gasolina apresentou queda de -34,4% no período acumulado.
 
Os Demais Setores em Bens Não Duráveis apresentaram queda de -24,5% no período acumulado.
 
O setor de Vestuário apresentou queda de -66,9% no período acumulado.
 
O setor de Móveis, Eletro e Lojas de Departamento apresentou queda de -33,4% no período  acumulado.
 
O setor de Materiais para Construção apresentou queda de -9,1% no período acumulado.
 
Os Outros Setores em Bens Duráveis apresentaram queda de -40,7% no período acumulado.
 
O setor de Turismo e Transporte apresentou queda de -77,0% no período acumulado.
 
O setor de Bares e Restaurantes apresentou queda de -59,5% no período acumulado.
 
O setor de Serviços Automotivos e Autopeças apresentou queda de -24,1% no período acumulado.
 
Os Demais Setores em Serviços apresentaram queda de -46,3% no período acumulado.
 
 

FONTE: CIELO

Fonte: CIELO


Compartilhar


Todos os direitos reservados ao(s) autor(es) do artigo.

Olá!

Escolha alguém do nosso time para conversar.

Aquântica Contabilidade

Aquântica Contabilidade

WhatsApp